sexta-feira, novembro 27, 2009

Irão: autoridades confiscaram prémio Nobel da Paz da activista Shirin Ebadi

No PÚBLICO: "A activista iraniana dos direitos humanos Shirin Ebadi revelou que as autoridades de Teerão lhe confiscaram a medalha e o diploma recebidos quando foi premiada com o Nobel da Paz em 2003. Os objectos foram retirados de um cofre pessoal num banco em Teerão há cerca de três semanas, no que a Noruega – país sede do comité do Nobel da Paz – avaliou como um acto "chocante e inacreditável". [notícia completa]

1 comentário:

Artur Guerra - O BLOGUE disse...

É o Mundo em que vivemos...
Porque não haver o "prémio" ou distinção " O melhor do pior!"???
Com toda a certeza o governo iraniano ficaria bem colocado...

Continuem a denunciar!

Um abraço deste vosso seguidor.