segunda-feira, dezembro 17, 2012

Portuguesas são das mulheres que mais trabalham sem receber

No Público: "Índia, México, Turquia e, na quarta posição, Portugal, com quase 250 minutos por dia de trabalho realizado por mulheres e que não é pago. Um novo relatório da OCDE sobre desigualdades de género coloca as mulheres portuguesas entre as que mais tarefas realizam sem serem remuneradas por isso. Trata-se sobretudo de tarefas “domésticas”, como tratar da casa, dos filhos, dos idosos ou dos familiares doentes." (Texto integral aqui)

terça-feira, dezembro 11, 2012

Boas Festas


Shenoraavor Nor Dari Tezze Iliniz Yahsi Olsun Zorionstsu Eguberri Tchestito Rojdestvo Hristovo Bon Nadal Gun Tso Sun Tan'Gung Haw Sun Kung Ho Hsin Hsi Prejeme Vam Vesele Vanoce Zalig Kerstfeest Roomsaid Joulu Phui Hyvaa joula Joyeux Noel Nolag mhaith Dhuit Nollaig Chridheil Frohliche Weihnachten Kala Khristougena Mele Kalikimake Mo'adim Lesimkha Boldog Karacsonyl Gledlig jol Selamah Tahun Baru Ojenyunyat Sungwiyadeson honungradon nagwutut Buon Natalie Shinnen omedeto Sung Tan Chuk Ha Priecigus Ziemas Svetkus linksmu sventu Kaledu Ollick Ghennal Erriu as Blein Feer Die Gledlig jul Wesolych Swiat Bozego Narodzenia Feliz Natal Mata-Ki-Te-Rangi Sarbatori Fericite Pozdrevly ayu sprazdnikom Rozhdestva Khristova is Novim Godom Veselykh Svyat i scaslivoho Novoho Roku La Maunia Le Kilisimasi Vesele Vianoce Sretam Bozic Subha nath thala Vewa Subha Aluth Awrudhak Vewa Vesele Bozicne Feliz Navidad Glad jul och Maligayamg Pasko Yeni Yilnizi Kutar Nadolic Llawen

sábado, dezembro 08, 2012

Editora de Rafael Marques arguida por publicar Diamantes de Sangue




Bárbara Bulhosa, responsável da editora Tinta-da-China, que publicou o livro do jornalista angolano Rafael Marques Diamantes de Sangue: Tortura e Corrupção em Angola, será constituída arguida no processo-crime que generais e empresas angolanas abriram contra Marques, por difamação. Em causa está uma investigação de anos feita por Rafael Marques, e publicada no livro, sobre empresas de extracção mineira nas Lundas angolanas, onde vários generais são acusados de cumplicidade com a violação de direitos humanos. No livro publicado em 2011, Marques denuncia ainda "a promiscuidade entre poder político-militar e o negócio dos diamantes". Texto integral aqui

sexta-feira, dezembro 07, 2012

CDHOA comemora 64º Aniversário da DUDH


A Ordem dos Advogados e a Comissão dos Direitos Humanos promovem mais uma vez a Sessão Comemorativa do 64º Aniversário da Declaração Universal dos Direitos do Homem que se realizará no próximo dia 10 de Dezembro de 2012, pelas 17 horas, no Salão Nobre da Ordem dos Advogados, sito no Largo de S. Domingos, em Lisboa. A Sessão contará com as intervenções do Presidente da Comissão dos Direitos Humanos da Ordem dos Advogados, Rodrigo Santiago, Professor de Direito Criminal da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, José Faria e Costa, e Bastonário da Ordem dos Advogados, A. Marinho e Pinto. Na mesma ocasião será entregue o Prémio Bastonário Ângelo d’ Almeida Ribeiro 2012 à Senhora Dra. Ana Maria Calado, ex-Directora do Estabelecimento Prisional Regional de Odemira, pela sua acção em defesa dos direitos fundamentais dos cidadãos. Texto integral aqui

terça-feira, dezembro 04, 2012

Pessoa defensor dos Direitos Humanos





A Amnistia Internacional Portugal - Grupo 3 | Oeiras organiza no dia 10 de Dezembro na Biblioteca Operária Oeirense, a sessão “Pessoa defensor dos Direitos Humanos”, com a Profª Dra. Teresa Rita Lopes.

Data: 10 de Dezembro
Hora: 18h30
Local: Biblioteca Operária Oeirense
Morada: Rua Cândido dos Reis, 119 – R/C Oeiras
Entrada Livre

XI Mostra de Documentários sobre Direitos Humanos - 14 a 16 de Dezembro


A Amnistia Internacional Portugal – Grupo 19, em colaboração com o Centro Cultural Olga Cadaval, promove a realização, entre os dias 14 e 16 de dezembro de 2012, da XI Mostra de Documentários sobre Direitos Humanos, com o objetivo de sensibilizar a comunidade para a necessidade de promoção e defesa dos Direitos Humanos. Durante três dias serão exibidos documentários, alguns deles inéditos, sobre temas distintos, realizados em diversos países, com o intuito de fornecer uma perspetiva alargada sobre alguns dos desafios que se colocam aos Direitos Humanos na atualidade. O ano de 2011 foi rico de conflitos mas também de sinais de mudança. Mas o contraste entre a coragem dos cidadãos que saíram à rua em muitos países do mundo para exigir uma sociedade mais respeitadora dos Direitos Humanos, e por isso mais justa, e o fracasso das lideranças incapazes de responderem a esses apelos com ações concretas, e aí temos, entre outros, o caso da Síria, deixou clara a necessidade do reforço da exigência no quadro de uma sociedade mais bem informada e formada, o objetivo desta iniciativa, pelo terceiro ano consecutivo nas salas do Centro Cultural Olga Cadaval.


segunda-feira, dezembro 03, 2012





O Live Freedom é o espetáculo que a AI Portugal vai realizar para sensibilizar o público geral para o trabalho realizado em prol dos Direitos Humanos, promovendo o ativismo para as causas que defende, em Portugal e no resto do mundo. Aurea, Deolinda e David Fonseca vão atuar pelos Direitos Humanos num evento que conta também com a participação da equipa das manhãs da Comercial, Pedro Ribeiro, Ricardo Araújo Pereira, Vanda Miranda e Vasco Palmeirim. Ver texto integral aqui.

domingo, dezembro 02, 2012

ONU: aumenta o apoio à moratória sobre a pena de morte

A votação no Comité de Direitos Humanos da Assembleia Geral da ONU para estabelecer uma moratória à pena de morte deu um novo incentivo ao movimento global de luta contra a pena capital. O Terceiro Comité, responsável pelas questões sociais, humanitárias e de direitos humanos adotou hoje a quarta proposta  de resolução apelando à moratória nas execuções, com 110 votos a favor, 36 abstenções e 39 votos contra, o que representa mais um voto a favor e menos dois contra em comparação com a última votação realizada em 2010. Ver texto integral aqui.

sábado, dezembro 01, 2012

Chinos y brasileños se unen en la construcción de Luanda

Na IPS: "En Luanda no hay fósforos", destacó Gabriel García Márquez en la primera línea de un reporte desde la capital de Angola en 1977. También faltan jabón, leche, sal y aspirinas en una ciudad que "sorprende" por su "belleza moderna y radiante", pero que en realidad es "un deslumbrante cascarón vacío", añadió." (Texto integral)

quinta-feira, novembro 29, 2012

Pena de morte poderá ser aplicada a homossexuais

O Parlamento do Uganda prepara-se para debater um projeto-lei que perpetua a discriminação e ódio contra lésbicas, gays, bissexuais e transsexuais. O Código Penal do Uganda já proíbe relações sexuais consensuais entre pessoas do mesmo sexo, mas a futura legislação homofóbica poderá permitir sentenças de prisão perpétua e pena de morte. Ver texto integral aqui

Cultura patriarcal chilena abona violencia sexual contra niñas

Na IPS: "La explotación sexual de niñas en Chile "está amparada por un Estado y una cultura patriarcales", que hacen posible que algunos hombres dispongan libremente de sus cuerpos e, incluso, paguen por abusar de ellas." (Texto integral)

quarta-feira, novembro 28, 2012

Argentina começa finalmente a julgar os voos da morte

Fokker F28 da Marinha no aeroporto militar de Aeroparque (Foto de Pepe Robles)

No Público: "Para se ver livre dos opositores, a ditadura argentina matava-os individualmente, fuzilava-os em massa, amarrava grupos deles e dinamitava-os, metia-os em aviões de pés e mãos atados e atirava-os ao mar alto. Ao último destes métodos chamou-se voos da morte e o julgamento dos assassinos começou esta quarta-feira em Buenos Aires, mais de 30 anos depois dos crimes." (Texto integral)

ONU: resolução apoia a luta contra mutilação genital feminina




A Amnistia Internacional saúda a adoção, pela primeira vez, de uma resolução contra a mutilação genital feminina (MGF) no seio do Comité de Direitos Humanos da Assembleia Geral da ONU, considerando-a um importante incentivo para que se acabe com esta violação dos direitos humanos. Ver aqui.

Australia: Asylum camp cruel and inhumane



terça-feira, novembro 27, 2012

Etiopía asfixia a organizaciones de derechos humanos

Na IPS: " Etiopía da señales contradictorias al mundo. Casi en simultáneo a ser elegida para integrar el Consejo de Derechos Humanos de la ONU, una importante organización alemana cerró su oficina en este país africano en protesta contra un entorno político restrictivo." (Texto integral)

domingo, novembro 25, 2012

Lei permite que assassino seja herdeiro do cônjuge que matou

No Público: "Um cônjuge que mate o outro pode à mesma ser herdeiro da vítima e ainda receber uma pensão de sobrevivência da Segurança Social devido a uma lacuna da lei que as Mulheres Socialistas criticam, defendendo uma alteração legislativa “urgente”. (Texto integral)

terça-feira, novembro 20, 2012

"Moradores desalojados do Bairro de Santa Filomena ocupam IHRU"


No Público:  "Um grupo de moradores do Bairro de Santa Filomena, na Amadora, cujas habitações foram demolidas na segunda-feira pela câmara municipal, está desde o início da tarde desta terça-feira no Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana (IHRU), em Lisboa, e recusa sair sem falar com o presidente. No local estão, desde as 13h, 19 pessoas, algumas delas crianças, que ontem viram as suas casas serem demolidas pelas máquinas da Câmara da Amadora." (Texto integral)

sexta-feira, novembro 16, 2012

Marinho Pinto fala em detenções ilegais por parte da PSP e anuncia ação formal da Ordem

Na RTP Notícias: "O bastonário da Ordem dos Advogados vai questionar oficialmente o Ministério da Administração Interna e o Comando Nacional da PSP sobre as alegadas detenções ilegais levadas a cabo pela PSP, depois dos confrontos de ontem, frente à Assembleia da República." (Texto integral)

quarta-feira, novembro 14, 2012

Tratado de Comércio de Armas mais próximo

Líderes de vários governos reunidos nas Nações Unidas votaram, no dia 7, a favor da concretização, em Março do próximo ano, de um Tratado de Comércio de Armas. O tratado para regulamentar o comércio internacional de armas ganhou o apoio de uma esmagadora maioria de Estados: 157. A Amnistia Internacional considera o acontecimento uma potencial vitória para os Direitos Humanos a nível mundial. Ver aqui.

Amnistia Internacional Portugal

terça-feira, novembro 13, 2012

México: Familias de desaparecidas se arruinan para encontrarlas

Na IPS: "En su lucha por encontrarlas y en trámites judiciales con ese fin, las madres de las mujeres desaparecidas en México empeñan hasta sus vidas con tal de lograr justicia." (Texto integral)

segunda-feira, novembro 12, 2012

Irão: Vencedora do Prémio Sakharov e outros detidos sem acesso a visitas e cuidados médicos

As autoridades judiciais e prisionais iranianas devem por fim aos maus-tratos à iraniana Nasrin Sotoudeh, diz a laureada com o Nobel da Paz Shirin Ebadi juntamente com seis organizações de Direitos Humanos. Juntos apelam por jornalistas, advogados e defensores de Direitos Humanos detidos somente pela sua atividade pacífica – nenhuma destas pessoas devia estar na prisão. É urgente que todos tenham acesso a cuidados médicos e visitas da família. Ver aqui

Amnistia Internacional Portugal

domingo, novembro 11, 2012

A luta contra a fome é acima de tudo um gesto:

Camerún mantiene el velo sobre participación electoral femenina

Na IPS: "El nuevo sistema de registro biométrico en Camerún podría privar de sus derechos a muchos potenciales votantes, en especial a las mujeres en el norte del país, predominantemente musulmán, donde las prácticas culturales les impiden tomarse fotografías." (Texto integral)

sábado, novembro 10, 2012

Exija dignidade!



Por um caminho para fora da Pobreza!

Por todo o Mundo, pessoas em situação de pobreza exigem dignidade. 
Querem pôr um fim à injustiça e à exclusão que as mantêm cativas da privação. 
Querem ter controlo sobre as decisões que afetam as suas vidas. 
Querem que os seus direitos sejam respeitados e que as suas vozes contem.

Junte-se a estas pessoas agora!
Junte a sua voz à nova campanha da Amnistia Internacional!

Atue – exija dignidade!

Isabel Jonet acusada de usar a fome como arma política

No Público: "Poderia ser apenas uma questão de canja ou caldo, mas as declarações da presidente do Banco Alimentar Contra a Fome, Isabel Jonet, desencadearam uma violenta onda de protestos, com insinuações de índole pessoal, acusações de activismo político e até um pedido de demissão." (Texto integral)

Nigéria: Não matem o mensageiro em vez de tratar dos Direitos Humanos

O Exército nigeriano acusou a Amnistia Internacional de favorecer o grupo Boko Haram, após a publicação de um relatório sobre o país que acusava o exército de homicídios na sua guerra contra o grupo. Ver aqui

sexta-feira, novembro 09, 2012

Combonianos em campanha contra a pena de morte no Sudão do Sul




Padre comboniano lança campanha contra pena de morte no Sudão do Sul. No corredor da morte do novo país, há cerca de duas centenas de pessoas que esperam por clemência. A iniciativa é apoiada pela Igreja Católica. José Vieira, missionário comboniano, escreveu uma carta aos bispos do Sudão para intervirem nesta questão e pedirem ao Presidente Salva Kiir Mayardit uma moratória das execuções. 

Entrevista do padre José Vieira à Rádio Renascença aqui.

quinta-feira, novembro 08, 2012

É por aqui:


É por aqui. Venham, com a Amnistia Internacional Portugal - Grupo 19 | Sintra

quarta-feira, novembro 07, 2012

Diocesi colombiane preoccupate per gli omicidi di giovani

Dos Missionari Comboniani: "Il Coordinamento Regionale del Pacifico ha reso pubblico un comunicato sulla complessa e violenta realtà che si vive sul litorale occidentale colombiano. Secondo dati del Coordinamento “dall’inizio del 2012 fino ad oggi sono 392 i giovani assassinati a Quibdó, Buenaventura e Tumaco” e chiedono agli organismi competenti “che agiscano, nella maniera più efficace e perentoria, per applicare la giustizia e fermare questo spargimento di sangue”. (Texto integral)

Uma Europa da solidariedade, não apenas da disciplina

No Público: "Originalmente, a UE era o que os psicólogos chamam de “objecto fantástico”, um objectivo desejável que inspira a imaginação das pessoas. Eu encarava-a como a materialização de uma sociedade aberta – uma associação de Estados-nação que abdicaram de parte da sua soberania por um bem comum e que formaram uma união onde nenhuma nação ou nacionalidade dominavam." (Texto integral)

Los derechos humanos en la era Obama

No El Diario: "Bajo la administración Obama Estados Unidos ha cometido asesinatos extrajudiciales, ha bombardeado territorios extranjeros y matado a civiles, ha vendido armas a dictaduras y gobiernos ilegítimos que las han empleado para reprimir a la población, ha mantenido abierta la cárcel de Guantánamo, ha renovado ayudas económicas a Ejércitos represores o ha protegido a agentes de la CIA acusados de tortura. Pero nada de esto ha acaparado la atención del  debate político durante la campaña electoral." (Texto integral)

As autoridades gregas devem enviar uma mensagem clara contra abuso policial

Uma série de alegações graves, incluindo tortura a detidos, uso excessivo de químicos irritantes, maus-tratos de manifestantes, aumento de ataques com motivações racistas contra migrantes, requerentes de asilo e outros estrangeiros, e casos em que a polícia desencoraja ou intimida as vítimas para não relatarem estes ataques preocupa a Amnistia Internacional.

Amnistia Internacional Portugal

terça-feira, novembro 06, 2012

Dia da Consulta Aberta: 8 de Novembro



No dia 8 de novembro o Conselho Distrital de Lisboa da Ordem dos Advogados realiza a 6ª Edição do Dia da Consulta Jurídica Gratuita, em vários concelhos da Área Metropolitana de Lisboa, entre as 10h e as 17h. O Dia da Consulta Jurídica Gratuita procura contribuir para a promoção do acesso ao direito e para a edificação da cidadania, proporcionando informação e consulta jurídica a todos os cidadãos.

A Amnistia Internacional Portugal será uma das organizações onde se poderá dirigir para participar nesta consulta.

Amnistia Internacional Portugal

domingo, novembro 04, 2012

Syria: Armed group carries out summary killing of security forces in Idlib

New video evidence emerged on Thursday which appears to show an armed group in Syria’s Idlib province carrying out a mass summary killing of men in their custody. In the footage – which is reported to be from a checkpoint near Saraqeb in Idlib province – at least 10 men, who some believe are captured members of the security forces, are beaten and kicked before members of the armed group open fire on them. It is unknown how many were killed in the incident, but media outlets and a Syrian NGO have suggested that at least 28 died. Ann Harrison, Amnesty International’s Deputy Middle East and North Africa Programme Director said: “This shocking footage depicts a potential war crime in progress, and demonstrates an utter disregard for international humanitarian law by the armed group in question. 

Amnesty International

XI Mostra de Documentários sobre DH


A Amnistia Internacional Portugal – Grupo 19, em colaboração com o Centro Cultural Olga Cadaval, promove a realização, entre os dias 14 e 16 de dezembro de 2012, da XI Mostra de Documentários sobre Direitos Humanos, com o objetivo de sensibilizar a comunidade para a necessidade de promoção e defesa dos Direitos Humanos. Durante três dias serão exibidos documentários, alguns deles inéditos, sobre temas distintos, realizados em diversos países, com o intuito de fornecer uma perspetiva alargada sobre alguns dos desafios que se colocam aos Direitos Humanos na atualidade. O ano de 2011 foi rico de conflitos mas também de sinais de mudança. Mas o contraste entre a coragem dos cidadãos que saíram à rua em muitos países do mundo para exigir uma sociedade mais respeitadora dos Direitos Humanos, e por isso mais justa, e o fracasso das lideranças incapazes de responderem a esses apelos com ações concretas, e aí temos, entre outros, o caso da Síria, deixou clara a necessidade do reforço da exigência no quadro de uma sociedade mais bem informada e formada, o objetivo desta iniciativa, pelo terceiro ano consecutivo nas salas do Centro Cultural Olga Cadaval.

La ONU investiga la ejecución sumaria de soldados sirios en una emboscada rebelde

No El País: "El Alto Comisionado de la ONU para los Derechos Humanos, Rupert Colville, ha informado hoy de la apertura de una investigación en el seno de la organización para verificar la autenticidad de un vídeo colgado en la Red en el que supuestos rebeldes sirios ejecutan de forma sumaria a un grupo de hombres vinculados al régimen en Saraqeb, ciudad de la provincia de Idlib, en la franja oriental de Siria. El principal grupo activista fuera del país, el Observatorio Sirio de Derechos Humanos (OSDH), con sede en Londres, ha informado de que las ejecuciones, precedidas de "abusos" contra los detenidos, fueron llevadas a cabo tras una emboscada en el control militar de Hmeisho. El Ejército Libre de Siria (ELS) ha denunciado la matanza y ha prometido castigar a sus autores." (Texto integral)

Pakistán: Situación de minorías se agrava

Na IPS Desde la restauración de la democracia en 2008, Pakistán ha dado pasos para la defensa de los derechos humanos, pero la situación de las minorías solo se ha agravado, advierten organizaciones no gubernamentales. (Texto integral)

sexta-feira, novembro 02, 2012

XIII Campo de Trabalho para Jovens




Dezenas de rapazes e raparigas estão a participar no XIII Campo de Trabalho para Jovens, a decorrer em Vila Nova de Famalicão. Este ano o CTJ, uma iniciativa da Amnistia Internacional Portugal, tem a participação de membros da secção espanhola da AI e de activistas da Guiné-Bissau. Termina no dia 4. 



Como sair da pobreza? Agindo.

Recordar os campos da morte no Sri Lanka

No Público: "A consciência colectiva do mundo quase não tem registo de uma das piores histórias de crimes atrozes das últimas décadas. Recordamos e reconhecemos a vergonha do Camboja, do Ruanda, da Bósnia e do Darfur. Sofremos com a incapacidade para deter as atrocidades cometidas quase diariamente na Síria. Mas, pelo menos até agora, o mundo quase não prestou atenção aos crimes de guerra e aos crimes contra a humanidade, comparáveis em termos de crueldade, a qualquer um daqueles: os campos da morte do Sri Lanka em 2009." (Texto integral)

terça-feira, outubro 30, 2012

Brasil: ajude a comunidade indígena Guarani-Kaiowá

A comunidade indígena brasileira Guarani-Kaiowá tem sido vítima de graves violações dos seus direitos. Em 2011 um grupo de 40 homens armados atacou o seu acampamento, queimando as suas casas e pertences. Neste ataque foi assassinado Nísio Gomes, líder da comunidade, e foram raptadas 3 crianças, tendo sido agredidas várias pessoas. A comunidade ocupou dois hectares de floresta nas margens do rio Hovy (a sua terra ancestral) e, desde essa altura, que os agricultores têm bloqueado o acesso a cuidados de saúde e alimentos. A comunidade não quer sair da sua terra ancestral e prometeu que irá resistir até à morte aos desalojamentos forçados. A decisão que validou os desalojamentos já foi contestada pelo Ministério Público Federal do Brasil.  Peça às autoridades brasileiras que suspendam imediatamente este desalojamento forçado e protejam esta comunidade. Assine a petição aqui.

Amnistia Internacional Portugal

domingo, outubro 28, 2012

Os guarani-kaiowás lutam pela sobrevivência no Mato Grosso do Sul

No Público: «170 índios cercados por pistoleiros lutam pela sobrevivência no Mato Grosso do Sul. Batalha de uma guerra em curso no Brasil, pela posse da terra. (...) Os índios descrevem a sua situação: "Estamos aqui acampados a 50 metros do rio Hovy, onde já ocorreram 4 mortos, sendo que 2 morreram por meio de suicídio, 2 mortes em decorrência de espancamento e tortura de pistoleiros das fazendas. Moramos na margem deste rio Hovy há mais de um ano, estamos sem assistência nenhuma, isolada, cercado de pistoleiros e resistimos até hoje. Comemos comida uma vez por dia. Tudo isso passamos dia-a-dia para recuperar o nosso território antigo Pyelito Kue/Mbarakay.» (Texto integral)

sexta-feira, outubro 26, 2012

Grécia: Jornalista fica incapacitado devido a agressão policial



Apele às autoridades gregas que realizem uma investigação imparcial de forma a levar os responsáveis à justiça, que Manolis receba uma compensação justa pelos danos sofridos e que assegurem que as forças policiais não recorram à força em manifestações pacíficas.

Leia aqui a carta de apelo em português.

Divulgue-a, copie-a, dê-a a outros a assinar e enviar.

Prémio Sakharov para os iranianos Jafar Panahi e Nasrin Sotoudeh

No Público: "O Parlamento Europeu atribuiu o Prémio Sakharov dos Direitos Humanos ao cineasta iraniano Jafar Panahi e à sua compatriota Nasrin Sotoudeh, advogada e activista dos direitos humanos." (Texto integral)

AGIR contra a pobreza


Inmigrantes atrapadas en comercio sexual europeo

Na IPS: "La policía francesa desbarató a una red de tráfico y trata de personas que obligaba a jóvenes inmigrantes a prostituirse. El caso arrojó luz sobre un flagelo considerado ya una forma de "esclavitud moderna"." (Texto integral)

quinta-feira, outubro 25, 2012

Portugal cai 12 lugares em ranking sobre igualdade de género

No Público: "No espaço de apenas um ano, Portugal tornou-se num país mais desigual entre homens e mulheres, com uma queda de 12 lugares no relatório do Fórum Económico Mundial que publica um índice sobre igualdade de género, no qual os portugueses ocupam agora a 47.ª posição." (Texto integral)

Amnistia Internacional denuncia “uso excessivo de força” em protestos na UE

No Público: " A Amnistia Internacional acusou as polícias nos países da União Europeia de “uso excessivo de força” sobre manifestantes nos "protestos pacíficos" contra a austeridades em alguns países. A mesma organização condena ainda a falta de sanções em caso de abusos." (Texto integral)

sexta-feira, outubro 19, 2012

Paquistão: Malala ainda não está fora de perigo mas recupera bem

No Público: "O boletim clínico do seu estado de saúde foi ontem descrito por Dave Rosser, director médico do Hospital Queen Elizabeth em Birmingham, para onde Malala foi transferida na segunda-feira para aí continuar o tratamento pós-operatório. O hospital libertou as primeiras fotos de Malala.
A menina de 14 anos tornou-se um símbolo da resistência contra os taliban do Paquistão, que pretendem negar o acesso das mulheres à educação e a outros direitos. Malala venceu o National Peace Award for Youth, no Paquistão, e foi nomeada para o International Children’s Peace Prize, da Dutch Kids Rights Foundation – que pretendem negar o acesso das mulheres à educação e a outros direitos." (Texto integral)

quarta-feira, outubro 10, 2012

Dia Mundial contra a Pena de Morte

No Jornal de Notícia: "O número de execuções aumentou este ano no Iraque, nos terrenos controlados pelo Hamas na Faixa de Gaza e na Arábia Saudita, denuncia a Amnistia Internacional, que assinala, esta quarta-feira, o Dia Mundial Contra a Pena de Morte, instituído há uma década." (Artigo integral)

segunda-feira, outubro 08, 2012

Norma Cruz agradece à Amnistia Internacional

Norma Cruz escreve à AI Portugal - Grupo 19 | Sintra


Ameaçada pelo seu trabalho, na Guatemala, a favor dos direitos humanos, Norma Cruz enviou à Amnistia Internacional Portugal - Grupo 19 | Sintra uma nota de agradecimento pelas cartas de apelo que a estrutura sintrense mandou às autoridades guatemaltecas exigindo medidas de protecção da militante. O caso não está encerrado. Mas Norma é agora alvo de protecção policial especial, um dos motivos da campanha do nosso 19.

Amigos y Amigas de Amnesty Internacional

En nombre propio, de la Fundación y de mi familia, queremos reconocer y agradecer su solidaridad con nuestro trabajo y con nuestra vida, a través de la campaña sistemática que han mantenido a raíz de las amenazas de muerte de las cuales fuimos objeto en los últimos años.

Quiero compartirles que gracias a sus acciones - envío de cartas a las autoridades, tarjetas de solidaridad, etc. - contamos con la seguridad de miembros de la Policía Nacional Civil tanto en lo personal como en la institución, así mismo cuando se requiere de que alguna mujer victima de violencia tenga seguridad se nos ha facilitado y todo ello por el apoyo de ustedes.

No podríamos realizar el trabajo que hacemos rompiendo la impunidad, sino fuera por las condiciones de seguridad que el gobierno nos da como consecuencia de la campaña realizada por ustedes. En pocas palabras puedo garantizarles que hoy es posible llevar asesinos, violadores y agresores ante la justicia con menos presión por la seguridad que tenemos. Siempre hay riesgos, pero con el apoyo de ustedes se ha logrado involucrar al Estado.
Agradecemos nuevamente el apoyo, las acciones que han contribuido para salvar nuestras vidas.

Con todo mi cariño

Norma Cruz


Para conhecer melhor Norma Cruz - El Periódico
Para conhecer melhor o trabalho de Norma Cruz - Fundação Sobrevivientes
Para conhecer melhor a solidariedade internacional com Norma Cruz Nobel Women´s Initiative

terça-feira, setembro 25, 2012

Crianças sírias contam histórias de horror: torturas, raptos e detenções

No Público: Praticamente todas as crianças ouvidas pelos investigadores da Save the Children contam ter visto ser morto pelo menos um familiar, algumas foram queimadas com cigarros, submetidas a choques eléctricos, presas em celas com corpos em decomposição: são histórias de horror do que se passa na guerra na Síria, agora apresentadas num relatório daquela organização britânica. (Texto integral)

sábado, setembro 01, 2012

Pena de morte volta à Gâmbia

38 presos na Gâmbia estão em risco de execução após a decisão do Presidente da Gâmbia de dar seguimento às sentenças de pena de morte.
A Amnistia Internacional recebeu relatos credíveis que nove pessoas foram executadas na noite de 23 de agosto na Gâmbia, e que mais pessoas se encontram sob ameaça de execução eminente nos próximos dias.
De acordo com fontes seguras, nove pessoas, incluindo uma mulher, foram retiradas das suas celas na prisão e executadas nessa noite. 
 Este acontecimento representa o fim de um período de 27 anos sem execuções na Gâmbia, onde as sentenças de morte são conhecidas por serem usadas como ferramenta contra a oposição política.


segunda-feira, agosto 27, 2012

Souht Sudan humanitarian Situation “very serious”

The humanitarian situation in South Sudan is very serious and many refugees in the camps are facing death.
The UN Humanitarian Coordinator in South SudanToby Lanzer told journalist during the launch of UN and Partners South Sudan 2013 Consolidated Appeal Monday in Juba that more people from South Kordofan and Blue Nile have come to South Sudan than it was expected.
He said 2.4 million South Sudanese are food insecure, and 170 thousand refugees from the Sudan need safe shelter and access to basic health care, a very difficult job in the camps of Upper Nile and Unity.

quinta-feira, agosto 23, 2012

Petição

Alemanha lança operação contra grupos neonazis e apreende armas e propaganda

No Público: " Mais de 900 polícias foram mobilizados nesta quinta-feira para aquela que foi considerada a maior operação contra grupos neonazis no estado alemão da Renânia do Norte-Vestefália, na parte ocidental do país. Apreenderam computadores, armas e material de propaganda." (Notícia completa)

segunda-feira, agosto 20, 2012

Detenida en Pakistán una niña discapacitada por profanar el Corán

No El País: "Una menor con síndrome de Down ha sido arrestada en Pakistán acusada de profanar el Corán. El presidente paquistaní, Asif Ali Zardari, ha ordenado abrir una investigación para aclarar lo sucedido, según informa hoy la cadena británica BBC." (Notícia completa)

Criminoso de guerra preso em Lisboa pode requerer liberdade em 2020

No Público: " Mile Mrksic está em total isolamento na prisão de alta segurança de Monsanto, sujeito a apreciação clínica e prisional, e já pediu livros sérvios. Em 1991, na Croácia, permitiu a morte de 194 prisioneiros de guerra." (Notícia completa)

sábado, agosto 18, 2012

Bielorrússia: Detido por publicar fotos de ursos de peluche



Anton Suryapin, estudante e jornalista da Bielorrússia, está detido e enfrenta uma pena de 7 anos de prisão por ter colocado online, fotografias de ursos de peluche com placas a apoiar a liberdade de expressão na Bielorrússia.




quarta-feira, agosto 08, 2012

Síria: repressão total e cidades bombardeadas


“Batemos em retirada, saiam daqui”, gritou nesta quarta-feira um rebelde para os repórteres da Reuters quando estes chegavam ao bairro de Saladino. Outros combatentes gritavam para walkie talkies frases como: "O Exército entrou, o exército entrou". Assim abandonaram os rebeldes Aleppo, cidade do Norte da Síria fustigada pelas forças governamentais. A guerra continua, com todo um cortejo de abusos dos direitos humanos, incluindo a morte em massa de civis. A foto de satélite, publicada pela Amnistia Internacional, documenta a violência do ataque aéreo governamental. A sanha do exército não vem conhecendo nem género nem idade. Pelo meio, a arte síria chora a morte de um dos seus filhos, o escultor Wael Issa Kaston, um paladino da liberdade das mulheres, detido, torturado e morto.



segunda-feira, agosto 06, 2012

Grécia prepara-se para deportar cerca de 1600 imigrantes

No Público: "A imigração já era uma questão sensível, e a crise veio inflamá-la. A Grécia prepara-se para deportar cerca de 1600 imigrantes ilegais, depois de cerca de 6000 pessoas terem sido interrogadas durante o fim-de-semana." (Notícia completa)

quinta-feira, agosto 02, 2012

Mais Direitos na União Europeia



A União Europeia definiu que 2013 seria o ano dos cidadãos europeus e os seus direitos. Para tal lançou um questionário online que tem como fim apurar quais os obstáculos com que os cidadãos europeus se deparam no exercício dos seus direitos. 
A Amnistia Internacional considera que o questionário não faz referência a violações de direitos humanos que não podem ser excluídas.
Exemplos disso são a discriminação, a violência contra as mulheres e a crescente intolerância que tem dificultado o acesso de muitas pessoas à educação, emprego, habitação e livre circulação.
Apele à Comissária da União Europeia para a Justiça, Direitos Fundamentais e Cidadania, Viviane Reding para que coloque os Direitos humanos na agenda da União Europeia.

terça-feira, julho 31, 2012

42% dos portugueses dizem não ter dinheiro para cuidados de saúde

No Público: "Mesmo estabelecendo prioridades, 41,8% dos portugueses admitem que o orçamento familiar já não é suficiente para pagar todas as despesas de saúde que seriam necessárias. Ainda assim, acima da preocupação com o preço das taxas moderadoras ou dos medicamentos está a qualidade dos cuidados prestados pelo Serviço Nacional de Saúde (SNS), segundo um estudo de opinião sobre a saúde em Portugal." (Notícia completa)

terça-feira, julho 03, 2012

Portugal pode ser pioneiro em garantir melhor proteção para as crianças


As crianças em todo o mundo são vítimas de inúmeras violações de direitos humanos - da discriminação ao tráfico, das crianças-soldado à pobreza infantil, passando por todas as formas de violência física e/ou psicológica.
Situações que podem agora ser mais eficazmente combatidas através do acesso das crianças a um mecanismo internacional de queixa, previsto pelo terceiro Protocolo Facultativo à Convenção sobre os Direitos da Criança, adotado pela Assembleia Geral das Nações Unidas em 19 de dezembro de 2011.

Portugal assinou este terceiro Protocolo a 28 de fevereiro de 2012, mas ainda não o ratificou. A assinatura é assim um passo “simbólico” porque ainda é necessário que dez países ratifiquem o Protocolo para que este entre em vigor.

Por isso, pedimos que nos apoie no pedido ao governo português para que seja pioneiro na ratificação deste Protocolo. 

Faça-o na página da Amnistia Internacional Portugal aqui.

HRW denuncia detenciones, abusos y desapariciones en Siria

Na IPSDesde marzo de 2011, las autoridades de Siria sometieron a decenas de miles de personas a torturas, violaciones y otros abusos sexuales y detenciones ilegales, castigos que en algunos casos llevaron a la muerte, asegura un documento publicado este martes 3 por Human Rights Watch (HRW). (Notícia completa)

sexta-feira, junho 08, 2012

Conselho de Segurança da ONU: É necessária ação urgente para por fim ao desastre humanitário no Sudão

«O Conselho de Segurança da ONU deve cumprir o seu dever de proteger os civis no Sudão e deve tomar medidas imediatas para parar os ataques militares aéreos indiscriminados, diz a Amnistia Internacional num novo relatório que realça a necessidade de ser dado acesso imediato, às organizações humanitárias, às áreas afetadas pelo conflito nos estados do Cordofão do Sul e Nilo Azul, no Sudão.
Desde que a violência eclodiu naqueles dois estados, há um ano, mais de meio milhão de pessoas foram deslocadas devido aos persistentes ataques aéreos por parte das Forças Armadas Sudanesas, mas também à severa escassez de alimentos despoletada pela recusa das autoridades sudanesas de permitirem a entrada da ajuda humanitária independente nas áreas afetadas.
Dezenas de milhares de refugiados fugiram para o vizinho Sudão do Sul, onde enfrentam riscos acrescidos de abusos dos direitos humanos ou de falta de condições humanitárias.»