quarta-feira, maio 13, 2009

Um dos últimos criminosos nazis enfrenta a justiça

No DN: "Pouco passava das 7.00 quando aterrou ontem no local mais remoto do aeroporto de Munique um avião especialmente fretado para o transporte de John Demjanjuk, um dos últimos criminosos de guerra nazis ainda vivos. Chegava ao fim uma longa batalha jurídica em que este ucraniano, de 89 anos, tentou por todos os meios evitar a deportação para a Alemanha, país onde é acusado de envolvimento no homicídio de mais de 30 mil judeus. Demjanjuk é acusado deste crime enquanto guarda do campo de extermínio de Sobibor, entre 23 de Março de 1943 e Setembro de 1943." [notícia completa]

1 comentário:

Ocelio disse...

Teriam que ter ser julgados, Stalin,Tito e outros chefes da sugunda guerra, mais quem ganha é quem manda.